Uma notícia para abalar as estruturas do cinema, principalmente de horror. Rumores estão se espalhando na Internet que a produtora Weisntein Company - dos irmãos Harvey e Bob Weinstein em 2005 após se separarem da Miramax comprada pela Disney - e sua distribuidora, a Dimension Films, estaria passando por maus bocados financeiros.

É dito que desde Novembro de 2008 os funcionários estão sendo dispensados assim que seus contratos estão vencendo e que o escritório de Hong Kong foi fechado e a sede no Reino Unido foi reduzida a uma pessoa só.

O problema alegado é a falta de retorno financeiro dos últimos projetos da produtora. Embora Bastardos Inglórios tenha tido uma abertura excelente, a falta de dinheiro para o devido lançamento e o medo de que naufragasse como Grindhouse, obrigou a produtora a rachar os custos (e a bilheteria consequentemente) com a Universal. Fora o corte de bilheteria para os bolsos de Quentin Tarantino e Brad Pitt.

Na semana seguinte foi a vez de Halloween 2. O remake lançado em 2007 colocou US$ 26 milhões nos cofres da produtora, porém a sequência está indo mal das pernas, abrindo com apenas US$ 16 milhões. O desapontamento foi grande, pois os investidores dependiam do retorno de H2 para estimar o número de lançamentos anuais da empresa. Se o princípio de falência se confirmar ameaça as próximas produções que virão a seguir, incluindo Halloween 3D, Pânico 4 e Piranha 3D. Manteremos vocês informados.


Fonte: Deadline Hollywood

1 gritos:

Jeferson Martins disse...

Sinceramente espero que falem mesmo! pois lançar um filme como Halloween de Rob Zombie e foda viu!