Texto traduzido livremente do Cracked


Quem é fã de horror já sabe, o mal adora viajar bem como suas vítimas, portanto se você for sair de sua cidade com seus amigos e não quer correr o risco de sofrer qualquer tipo de morte ou mutilação, existem cinco passos que você deve seguir de uma fonte muito confiável: Os slashers hollywoodianos.
Passo 1: Escolhendo o Local

Muitos de seus colegas de classes prefeririam ficar em casa ou ter umas férias clássicas como uma viagem para o Litoral Paulista. Mas que merda isso! Se você quer que suas férias sejam realmente especiais, você e seus amigos unidimensionais precisam escolher um lugar mais estranho o possivel. Algumas coisas para colocar na mente:

Hotéis: Quanto mais barato e com a área mais esparsamente populada for, melhor. É mais autêntico assim.
Atividades: Você pode pensar que estes locais estão abandonados porque eles são monótonos. Pelo contrário, muitos destes lugares desolados são cheios de diversões potenciais se você souber aonde olhar. Por exemplo, as ruinas ancestrais astecas são um excelente lugar para se divertir com seus amigos, bem como cavernas abandonadas e minas apertadas em geral.



Passo 2: Selecionando os Companheiros de Viagem

Primeiro de tudo, se você tiver algum amigo afro-descendente, você provavelmente deveria trazê-lo. Não mais do que um, mas pelo menos um. Isto tende a trazer os outros a sua volta, pois eles assim saberão que você não é racista. Ele pode se conportar como um boi de piranha, alertando-o sobre tudo o que pode acontecer com o seu grupo, porque certamente ele será o primeiro a ter uma faca enterrada em sua garganta.
Veja também se você consegue coagir uma bisca do colégio para ir com você.
Não apenas ela será um boi de piranha, mas um boi que corre muito! Estas garotas só não são mais aborrecedoras porque normalmente tem um belo corpo e por algum motivo isso as torna mais difíceis de matar.
Alguém do seu grupo deve ser o tipo de cara que todos os outros odeiam, mas é o tipo que sempre sai com você por um motivo ou outro, se você não tem um amigo assim pode apostar que essa pessoa horrível é você e nem se deu conta disso. Em todo caso, leve-o! Estes babacas podem ser bem irritantes, mas também são grande fonte de alívio cômico e mais, você terá grandes chances de se livrar dele quando seu sangue espirrará na cara de uma das biscas.
Recapitulando, um negro, um grandalhão babaca e quantas vagabundas você conseguir amontoar na sua van.

Passo 3: Bagagem


A maior parte das pessoas tendem a carregar bagagem demais ou esquecer de certos itens que poderiam ser cruciais para aproveitar as férias. Aqui há uma pequena lista de alguns itens necessários e outros totalmente descartáveis para trazer em sua viagem.

Necessário: Roupas com decotes/sungas/bikinis

Em caso de emergência, é de suma importância que você consiga se mover livremente e não superaquecer, além disso, não há razão alguma de vestir uma camiseta completa.



Desnecessário: Walkie-talkies/Celulares que funcionam

Você quer se livrar da modernidade, certo? Por que arruinar a viagem levando qualquer coisa que lhe permita ter contato com o mundo exterior? Realmente, o que de ruim pode acontecer?


Desnecessário: Kits de Primeiro-Socorros
Necessário: Drogas!

Se você está indo para o Leste Europeu você pode pegar drogas in-loco, senão você deve levar sua própria erva e/ou ecstasy. Em geral, porém, você deveria tentar de tudo para conseguir drogas na primeira vista, de preferência de um estranho generoso.

Desnecessário: Pneus Estepe
Se caso você quebrar em alguma cidade fora do mapa, os habitantes locais terão o maior prazer de ajudar você. Falando neles...

Passo 4: Lidando com os Habitantes Locais

Normalmente os locais são semi-retardados, suspeitamente amigos e dão muita risada sem o menor motivo aparente.


Lembre-se que você é um estudante colegial e ao menos que eles queiram te deixar alto ou fazer sexo com você, não há razão em você se interessar por eles. Algum deles está tentando te alertar para algo? Não se preocupe, estas pessoas são sempre mais supersticiosas nesta área. Não se preocupe em irritá-los, vocês estarão deixando o local em alguns dias, certo? O que eles podem fazer a respeito?

Por outro lado, se você for mais do tipo social, os clubes do Leste Europeu e raves em ilhas desertas são excelentes locais para se encontrar mulheres sobrenaturalmente atraentes e emocionalmente vazias.
Tente não pensar muito o porquê de eles serem tão legais com você. Eles provavelmente amam americanos. Tome vantagem em tudo o que eles querem dar para você e os siga para os impressionantes locais que lhe disserem, não se esqueça de lhes fornecer uma cópia da chave do seu quarto.
Se caso você for para uma área aonde não falam inglês, não se preocupe. Você pode convencê-los gesticulando muito e falando excessivamente alto, não se chateie aprendendo a lingua ou comprando um guia. Umas semanas imerso em sua cultura vai te deixar aprender sobre seus estranhos costumes.


Passo 5: Gerenciando Emergências


No caso extremo de algum evento ruim acontecer na sua viagem, existem alguns passos basicos que você deve seguir para sair dessa desagradável situação sem nenhum arranhão.

Dividam-se - Grupos grandes fazem alvos fáceis e um assassino teoricamente não pode cobrir uma área larga com um bando de pessoas andando em direções diferentes. Organize seu grupo de modo que todos andem pra onde quiserem, desta maneira, pela lei do mais forte, pelo menos uma pessoa é garantida de sair viva.
Corra sem um alvo - Se você ficar em um lugar parado, você nunca vai sair daquele lugar. O melhor jeito de encontrar uma saida é correr em círculos até achar uma. Não tente pensar para onde está indo realmente, siga seus instintos e rompa em qualquer porta aleatória que você passar. A não ser que fique encurralado, neste caso encontre um lugar bem óbvio e capicioso para se esconder.

Grite até sua cabeça cair - Não apenas vai te fazer sentir melhor, mas vai atrair a atenção dos desconhecidos amigos locais que certamente vão te tirar do perigo em segurança. E também, se estiver encurralado sem chance de sair, saibam que a maioria das pessoas, mesmo sociopatas violentos, tendem a responder bem aos pedidos clamando misericórdia.

Não seja paranóico - Se o assassino está caído inerte com a arma ainda na mão, é porque provavelmente está morto. Se não estiver com 100 porcento de certeza, apens chegue mais perto e tome o pulso.

Se tudo o mais falhar...

Não tenha medo de trocar uma de suas mãos por uma motosserra.

3 gritos:

darksenin disse...

huahuahua! gostei do lance da motoserra.

Anônimo disse...

Com as férias chegando vou aproveitar todas as dicas,já tenho muitas vagabundas e não faltam brutamontes idiotas que odeio mas que por algum motivo estão sempre com meus amigos, o negro sou eu mesmo.

Agora é mochila nas costas e rumo ao Leste Europeu!

Anônimo disse...

adoraria que em minhaas férias sequir essas orientaçoes masi não quero ser mutilado ou ser torturado por um martelo,então é só e adoraria colocar uma motoserra na mão e uma metralhadora na perna mais com os dois num dá se não eu cairia e conserteza tb morreria. então é só .